quinta-feira, 12 de março de 2009

Filme: Desafiando Gigantes


Hoje vou indicar um filme para ser trabalhado com adolescentes e jovens.

O filme "Desafiando Gigantes" é excelente para iniciarmos esta proposta!


Quando exibo um filme a adolescentes tenho como objetivo conscientizá-los sobre os diversos assuntos que fazem parte de seu cotidiano.

É muito importante que o adolescente ou jovem aprenda a desenvolver um senso crítico diante de tudo o que se vê, ouve ou assiste, tornando-o agente transformador da sociedade, gerador de novas idéias e não uma simples "esponja" que absorve tudo como verdade. Questionar faz parte da realidade de um jovem adolescente. Este é o "ingrediente" fundamental desta idade e o diálogo faz com que surjam os grandes homens e mulheres de Deus para o bem da humanidade.


Diferentemente das crianças, eu proponho que a partilha que deve acontecer no final da exibição do filme aconteça como um bate papo informal. Você pode até preparar uma atividade, mas eu prefiro algo que eles façam em casa depois, como uma redação, por exemplo, sobre o tema central do filme... mas, nada que seja obrigatório! ok? Deixe cada um se expressar da maneira que achar melhor... Às vezes, alguns tem dom para fazer trabalhos de arte. Observe isso e aproveite os talentos de cada um!



Assim que terminar o filme, é legal colocá-los em círculo (para que aprendam a olhar nos olhos uns dos outros), se possível, sentados no chão, para que o bate papo seja bem descontraído, pois, neste caso, até os mais tímidos acabam acostumando com o tipo de conversa e com o tempo começam a participar dos diálogos de forma produtiva.



Graças a Deus, hoje nós temos Tv e dvd no Centro Pastoral do nosso setor paroquial para exibição destes filmes, mas eu gosto ainda, de vez em quando, de levá-los para minha casa (detalhe: desta forma, dá para fazer pipoca! rs), sinto que alguns se soltam mais, partilham mais. Acho isso uma experiência maravilhosa!



Bom, com o filme "Desafiando Gigantes", podemos conversar sobre motivação de vida, como devemos criar objetivos e metas, não desistir diante das dificuldades e principalmente sobre onde entra a fé neste processo.



Pode-se também, durante o diálogo, ler um trecho da Palavra de Deus, até mesmo aquele citado no próprio filme Ap 3,7-8.

As dinâmicas funcionam bem entre os adolescentes. Por isso, sugiro que, neste caso, se faça esta:



Além disso tudo, seria bom que todos tenham contato também com matérias de revistas e jornais católicos que contenham testemunhos de fé em Deus e mensagens para ilustrar o assunto.

Como é um bate papo, é preciso deixar que os próprios adolescentes se interajam e indaguem uns aos outros, expondo seus pensamentos e opiniões. O evangelizador deve interferir apenas quando achar necessário, fazendo breves comentários e colocações cabíveis.

Encerramos o encontro com um momento de oração, que as orações sejam as mais espontâneas possíveis, direcionadas ao assunto em questão. Oramos para que Deus aumente nossa fé, nos dê coragem de testemunhar e com isso de mudar o que precisa ser mudado, começando primeiramente pelo nosso coração.

Estes momentos costumam ser de grande proveito para jovens e adolescentes, pois os motivam a refletir sobre o mundo ao seu redor, a orar pelas situações que enfrentam no seu dia a dia, encontrando apoio em outros de sua idade, formando vínculos para juntos superar obstáculos. Tudo isso acende a chama do Espírito Santo que habita em todo coração juvenil... e depois já não importa mais a idade que se tenha, pois esta chama jamais se apagará...

Veja também o que nosso amigo Marcos, do blog Diversão Sadia, diz a respeito deste filme no link abaixo:

http://diversaosadia.blogspot.com/2007/05/desafiando-gigantes.html

Um comentário:

diversaosadia disse...

Oi Raquel, conforme vc prometeu lá no diversão, fez mesmo a postagem sobre este maravilhoso filme.

Que trabalho legal vc faz com a galera teem.
Parabéns.
Obrigado pela citação.

Deus lhe abençoe.
Marcos